Um paraíso apenas para cães abandonados só podia ser mentira… Mas ele realmente existe, e é lindo

Aqui no Brasil vemos tantos cães de rua que não tem como não pensar que seria incrível se eles tivessem um lugar só para eles serem felizes. Mas já imaginou se em algum lugar do mundo realmente existisse? Bom, na verdade existe.

A Costa Rica possui um abrigo que é um verdadeiro paraíso canino, chamado “Terra dos Perdidos”. Nele, mais de 1.000 cães vivem pacificamente esperando uma possível adoção. Tudo começou com uma ideia do publicitário Sergio Chinchilla que trabalha na agência Garnier BBDO, conhecida pelas suas ações de promoção social e desenvolvimento humano.

Ele quis desenvolver uma campanha que ajudasse todos os cães de rua a serem adotados. Dentre estes, cerca de 94% são sem raça definida, ou seja, os que têm mais dificuldade em encontrar um lar.

Para ajudar no impulsionamento da adoção destes cãezinhos, Manuel Travisany, diretor de Criação, definiu que os vira-latas são, na verdade, a união das qualidades de duas ou mais raças e, desta forma, eles pertencem a uma raça que chamaram de “cães únicos”.

As pessoas deixaram de pensar que os cães se raça são menos valiosos do que os com predigree. A agência, então, decidiu promover os animais da Terra dos Perdidos. Criaram anúncios para TV, internet e mídia impressa e a veiculação foi massiva. O alcance foi tanto que, em 2013, a Terra dos Perdidos apresentou-se em um show especial na Feira Nacional de Animais de Estimação!

Atualmente, as adoções estão são cada vez mais comuns, pois antigamente, a média mensal de cães que deixavam o abrigo era de apenas dez. Hoje, este número foi para 1.400.

Quem dera se em todos os lugares do mundo existisse um lugar assim para nossos animais, não é?

Fotos: Reprodução