Juíza tem ideia FANTÁSTICA e descobre em poucos segundos qual dos dois, que disputavam a posse de um cãozinho, era seu verdadeiro dono

Quem tem um ou mais animaizinhos de estimação sabe como esses bichinhos alegram a nossa vida. A troca de amor é evidente e eles são, muitas vezes, como membros da família.

Foi esse tipo de vínculo que levou duas pessoas a lutarem nos tribunais pela posse de um cãozinho

Em um reality show que faz muito sucesso nos Estados Unidos, o “Judge Judy”, a juíza Judith Sheindlin, conhecida apenas como juíza Judy, faz julgamentos reaistelevisionados, resolvendo, geralmente, reivindicações mais simples, como as feitas em um juizado de pequenas causas.

Recentemente, ela resolveu uma disputa pela posse de um cãozinho da raça Poodle de uma forma completamente surpreendente.

Tanto o homem quanto a mulher alegavam que o cão era seu

A mulher alegou ter comprado o cão de um vendedor de rua. Ela pagou pelo animal, portanto, lutou pelo direito de ficar com ele. Fez, inclusive, apelos emocionais, pois ela e a sua família já haviam se apegado ao animal.

O homem, por sua vez, alegou que o cão já era seu antes de ser vendido, e foi vendido sem o seu consentimento. Ele dizia ser muito apegado ao animal e não estava disposto a abrir mão do seu amigo de quatro patas.

Como descobrir o verdadeiro dono do animal?

A magistrada teve uma ideia que resolveu a disputa em poucos segundos. Ela pediu para alguém ir buscar o cão. Ao entrar na sala de audiência, o animal já deu sinais de quem era seu verdadeiro dono. Ela, então, pediu que soltassem o animal no chão. E ele mostrou rapidamente quem era seu verdadeiro dono.

Assista ao vídeo e veja a reação emocionante do cãozinho e de seu verdadeiro dono

via: familia.com.br