5 Hábitos que alteram a flora vaginal

Conversamos com uma ginecologista do ambulatório de se*ualidade da mulher da Unifesp, em São Paulo, para descobrir aquilo que está mudando o odor da sua zona V. E ela garante: cheirar a calcinha para saber como vai a saúde da sua vagina é um hábito mais do que saudável.

Infecções: O principal motivo para a mudança do cheio da vagina são as infecções que alteram a flora vaginal. A alteração pode provocar a proliferação de bactérias que alteram o odor natural da zona V. Então, mantenha suas consultas sempre em dia!

Menstruação: A mudança está puramente relacionada ao principal componente da menstruação: o sangue. Os metais que compõe o líquido tornam o odor vaginal mais metálico.

Se*o: Assim como a menstruação, a mudança do cheiro da vagina durante o se*o está ligado ao esperma masculino, que é muito básico, alterando o pH ácido da zona V.

Medicamentos: Neste caso, a medicação que se destaca são os antibióticos já que, além de matar bactérias que estão causando a doença, eles também tendem a combater as próprias bactérias do corpo, incluindo as da região da vagina.

Exercícios físicos: Na verdade, a atividade física não altera o cheiro da zona V propriamente dito. O que acontece é que as glândulas sudoríparas ao redor da vagina são estimuladas durante o exercício e deixam o odor do suor na região.

Lembramos que o comparativo da pesquisa não exprime algum tipo de ideologia ou apologia a tal tema de responsabilidade do site, estamos apenas reproduzindo um conhecimento científico.